Alma Butanesa

12 dias e 11 noites
A partir de USD 7.400,00 * *em apartamento duplo

O Butão é conhecido por adotar a Felicidade Interna Bruta como um indicador de desenvolvimento mais significativo do que o Produto Interno Bruto (PIB). Isso se reflete em políticas que priorizam o bem-estar da população e a preservação da cultura e do meio ambiente.
O Butão é o lar de uma rica tradição cultural, que inclui festivais coloridos, danças tradicionais, arquitetura única de dzongs (fortalezas monásticas) e monastérios impressionantes. Os turistas têm a oportunidade de participar de festivais locais e testemunhar rituais religiosos, proporcionando uma experiência autêntica.
Thimphu abriga alguns dos pontos culturais mais importantes do Butão. O Tashichho Dzong é uma fortaleza impressionante que serve como sede do governo e da monarquia.
Gangtey está localizado no deslumbrante Vale de Phobjikha, um amplo vale em forma de taça cercado por colinas e montanhas.
Paro é conhecida por sua rica herança cultural, arquitetura tradicional, beleza natural deslumbrante .
Uma das atrações mais icônicas do Butão, o Tiger's Nest - um monastério construído nas encostas rochosas das montanhas.
A caminhada até o Tiger's Nest é desafiadora, mas recompensadora, oferecendo vistas espetaculares da paisagem circundante.
Paro oferece uma variedade de lojas de artesanato onde os visitantes podem adquirir produtos tradicionais butaneses, esculturas em madeira, tapetes e jóias. O mercado de Paro é um local popular para comprar lembranças.
Butão é uma experiência enriquecedora, permitindo que os visitantes mergulhem em uma cultura autêntica, apreciem paisagens deslumbrantes e contribuam para a sustentabilidade e preservação desse reino Himalaia único.

  • Dia 01 / Thimphu

    Chegada ao aeroporto deThimphu, recepção e traslado para o hotel.
    Regime alimentar: almoço e jantar.

  • Dia 02 / Thimphu

    Após o café da manhã, caminhada pelo campo butanês, atravessando densas florestas de pinheiros em direção ao Mosteiro de Tango, fundado pelo Lama Galway no século XII. A caminhada proporciona vistas deslumbrantes do vale de Thimphu. A estrutura principal do mosteiro é uma torre de três andares, com edifícios circundantes adicionados posteriormente, que servem como salas de aula e alojamentos para mais de cento e cinquenta monges. Em 1616, conta-se que o venerável Shabdrung Ngawang Namgyal meditou em uma caverna próxima a este mosteiro. Retorno ao hotel.
    À tarde, saída para visitar Changangkha Lhakhang, um templo com uma aparência de fortaleza situado em uma colina acima de Thimphu. Fundado no século XII em um local escolhido pelo Lama Phajo Drugom Zhigpo (creditado por introduzir as danças de máscaras do Tibete), o templo é dedicado a Avalokiteshvara, a manifestação budista da compaixão. Próximo ao templo, encontra-se a Estátua de Buda Dordenma de Shakyamuni, com impressionantes 51 metros de altura, feita de bronze e revestida em ouro. Sua localização no ponto mais alto proporciona vistas espetaculares da cidade.
    Em seguida, partida em direção a Drubthob Goemba e ao convento de Zilukha, o maior do Butão, para observar as monjas em suas simples atividades diárias.
    Antes de retornar ao hotel, parada no Trashichhodzong, a bela fortaleza medieval que serve como residência de verão do Je Khenpo, o Abade-Chefe. O Salão do Trono do rei e os escritórios do governo também estão localizados ali.
    À noite, visita a uma casa butanesa para desfrutar de um jantar tradicional. O convidado será o Venerável Mynak R. Tulku Rinpoche, Reencarnado, do Lama do Mosteiro de Mynak Rikhud, o principal mosteiro Sakya em Mynak, Kham, no Tibete.
    Regime alimentar: café da manhã, almoço e jantar.

  • Dia 03 / Thimphu – Punakha

    Após o café da manhã, saída para conhecer a Escola de Artes e Ofícios Choki, onde as crianças aprendem técnicas tradicionais de desenho, pintura, caligrafia, bordado, entalhe em madeira e escultura, todas muito diferentes das praticadas no Ocidente. A arte e a pintura desempenham um papel fundamental na cultura butanesa e estão intrinsecamente ligadas ao budismo. Próximo dali, está localizado o Museu de Tecidos, cofundado por Melinda Gates, que exibe têxteis antigos e artefatos pertencentes a várias tribos de Butão.
    Após o almoço, check-out e viagem por três horas até Punakha. Logo após deixar himphu, nos deparamos com o Dzong de Simtokha, a fortaleza mais antiga construída em 1629 por Shabdrung Ngawang Namgyal, o responsável pela unificação de Butão. Este local funciona como centro administrativo e, nos dias de hoje, como uma escola de idiomas, onde eruditos ensinam tanto o Dzongkha, a língua nacional, quanto o inglês.
    A partir de Simtokha, a estrada sobe gradualmente até o Passo Dochula, que fica a mais de 3.100 metros de altitude e oferece vistas magníficas dos Himalaias. O Mosteiro Dochula, também conhecido como Druk Wangyal Khangzang Chortens, presta homenagem ao serviço e liderança de Sua Majestade, e seu design, inspirado pela rainha, é um conjunto único de 108 Chortens (ou santuários budistas) visíveis de todas as direções.
    Descendo até o vale de Punakha, será possível avistar uma paisagem vibrante e colorida, decorada com bandeiras de oração que tremulam e contribuem para uma topografia rica, pontilhada por terraços de cultivo e rios sinuosos.
    Regime alimentar: café da manhã, almoço e jantar.

  • Dia 04 / Punakha

    Aproveite a deslumbrante paisagem campestre de Punakha pela manhã, fazendo uma caminhada pelos arrozais por um caminho sinuoso e acidentado até o belo Khamsum Chorten, que oferece vistas deslumbrantes do Vale de Punakha. Esta estupa foi construída por Sua Majestade a Rainha Mãe para afastar forças negativas e promover a paz e a harmonia.
    Desfrute de um almoço ao ar livre neste cenário espetacular.
    Mais tarde, visite o santuário de Chimi Lhakhang, construído pelo grande Lama Drukpa Kinley em 1400 para subjugar demônios locais. Este templo é especialmente reverenciado pelas mulheres por seus poderes de fertilidade e é um ponto de peregrinação popular para os butaneses.
    Encerre nossa exploração no histórico Dzong de Punakha, construído em 1637 na confluência dos rios Pochu (masculino) e Mochu (feminino).
    Antes de retornar ao hotel, podemos optar por fazer uma caminhada ao longo da avenida principal.
    Regime alimentar: café da manhã, almoço e jantar.

  • Dia 05 / Punakha - Gangtey

    A manhã será livre para atividades independentes.
    Após o almoço, embarque em uma viagem de 3 horas para Gangtey, um belo vale glacial nas encostas ocidentais das Montanhas Negras, fazendo fronteira com um Parque Nacional. Gangtey é conhecida por seus monastérios pacíficos e pela rica vida selvagem. Em uma paisagem de campos de batata, prados alpinos e até mesmo as raras gruas de pescoço preto. As especialidades culinárias locais incluem yaksha momo, ou dumplings ao estilo tibetano recheados com carne de iaque e batatas frescas, além de uma variedade de casseroles e ensopados apimentados.
    Regime alimentar: café da manhã, almoço e jantar.
    Pernoite em Gangtey

  • Dia 06 / Gangtey

    Comece o dia com um ritual especial de Gangtey para purificar a alma e ganhar mérito. Após o café da manhã, faça uma caminhada tranquila pelo campo butanês ao longo do riacho Khewa Chu, serpenteando pelo vale de Phobjikha. A partir da aldeia Khewa, a trilha leva por prados abertos até o templo Khewa Lhakhang, construído no século XIII. Veremos casas de fazenda tradicionais e faremos um piquenique no campo antes de retornar ao lodge para descansar.
    No final da tarde, visita ao Centro das Gruas-de-pescoço-preto e para conhecer os locais de nidificação e reprodução desta espécie reclusa. As gruas-de-pescoço-preto são reverenciadas na cultura e no folclore butaneses.
    Em seguida, visita ao Mosteiro Gangtey Goempa. Localizado em uma pequena colina que se eleva do chão do vale, o Mosteiro Gangtey é o único mosteiro Nyingmapa no lado oeste do Vale de Gangtey e o maior de seu tipo no Butão. O mosteiro é cercado por uma grande vila habitada principalmente por famílias dos 140 Gomchens, que cuidam do local. Caminhamos em silêncio e temos uma breve audiência com alguns membros mais antigos da faculdade.
    Regime alimentar: café da manhã, almoço e jantar.

  • Dia 07 / Gangtey - Jakar (Bumthang)

    Após o café da manhã, saída para Trongsa, passando pelo Passo Pele La a 3390 metros de altitude, cercado pelo Parque Nacional das Montanhas Negras. No caminho, visita ao chorten local na aldeia de Chendebji, que segue o famoso Stupa de Swayambhunath em Katmandu. Foi um chorten construído pelo Lama Shida do Tibete e era uma parada noturna popular para caravanas de mulas que viajavam para Trongsa..
    Em direção ao Dzong de Trongsa, o mais impressionante do reino com sua estética e magníficas obras de arquitetura tradicional butanesa. Acima do Dzong, há uma coleção de três torres de vigia conhecidas como Ta Dzong, construídas de forma impressionante para servir como guardiãs contra rebeliões internas.
    Após o almoço, viagem até Jakar, passando pelo Passo Yotong-La e depois descendo por uma espessa faixa de coníferas até o amplo vale de Gaytsa, uma visão rara de terras planas abertas no Butão.
    Antes de chegar a Jakar, breve parada na vila de Zungney, famosa por sua escultura em madeira tradicional e "Yatra", um tecido de lã fiado e tecido à mão com padrões e desenhos geométricos específicos.
    Regime alimentar: café da manhã, almoço e jantar.

  • Dia 08 / Jakar (Bumthang)

    Passe o dia explorando esta interessante província, visitando Kurjey Lakhang, Jakar Dzong e o Palácio Wangdichholing.
    Kurjey Lhakhang é nomeado após uma impressão do corpo na rocha feita pelo mestre tântrico Guru Rinpoche enquanto meditava lá.
    A impressão é preservada em uma caverna no edifício mais antigo dos três que compõem o complexo do templo. Abaixo do teto do primeiro templo, construído em 1652, há uma figura de um leão branco nas garras de um Garuda - representando a luta do Guru com o demônio local Shelging Karpo. Os butaneses rastejam por um estreito túnel de pedra na entrada do andar inferior para "deixar seus pecados para trás". No andar superior, há mil estátuas de Guru Rinpoche. O Jakar Dzong, construído para comemorar a derrota da invasão tibetana em 1644, é conhecido como "o castelo do pássaro branco" e é o maior de seu tipo no Butão, com uma circunferência de 5000 pés.
    O Palácio Wangdichholing foi construído pelo primeiro rei do Butão, em uma área cercada por pomares de maçãs e pereiras.
    Mais tarde, à tarde, há a opção de visitar a cidade de Bumthang.
    Regime alimentar: café da manhã, almoço e jantar.

  • Dia 09 / Jakar (Bumthang)

    Nesta manhã, partida para o vale de Ura, distinto por suas encostas arredondadas, pastagens férteis e campos amplos, com uma das vilas mais atraentes e interessantes do Butão. A jornada em si atravessa florestas de pinheiros azuis com vistas maravilhosas dos vales de Choskar e Chhumey. A vila, dominada por um mosteiro comunitário, é um conjunto de grandes casas, conectadas por becos de pedra pavimentados, uma visão rara no Butão. Exploramos, visitando os moradores em suas casas e conhecendo o estilo de vida dos butaneses da região central.Restante do dia livre.
    Regime alimentar: café da manhã, almoço e jantar.

  • Dia 10 / Jakar (Bumthang) - Paro

    Após o café da manhã, embarque em voo comercial com destino a Paro.
    Paro mantém sua natureza bucólica, apesar da existência de projetos de desenvolvimento. Campos marrons ou verdes, dependendo da estação, cobrem a maior parte do chão do vale, enquanto pequenas aldeias e fazendas isoladas pontilham a paisagem. À tarde, visita a uma típica casa de fazenda butanesa, para obter uma visão de seu estilo de vida único e práticas culturais, que mudaram pouco ao longo dos anos. Mais tarde, visita ao Dzong de Paro ou Rinpong Dzong, que significa "A Fortaleza do Montão de Joias". Hoje, o Dzong é a sede administrativa do distrito de Paro e também abriga a comunidade monástica estadual, composta por cerca de 200 membros.
    Em seguida, continuação até a tradicional ponte coberta de madeira chamada NYAMAI-ZAM, que atravessa o Rio Paro. Antigamente, em tempos de guerra, essa ponte era removida a cada vez para proteger o Dzong. Passeie pela rua principal de Paro, reta e ventosa, com ocasionais pedestres encostados nas fachadas das lojas. Uma oportunidade para interagir com os habitantes locais do Butão e visitar suas pequenas lojas interessantes que fornecem itens básico.
    Regime alimentar: café da manhã, almoço e jantar.

  • Dia 11 / Paro

    Após o café da manhã, faça uma trilha até um dos locais de peregrinação mais reverenciados no mundo budista, o Taktshang Lhakhang, popularmente conhecido como Ninho do Tigre, empoleirado precariamente em uma parede de rocha íngreme a 3000 pés acima do chão do vale. A lenda conta que o Guru Rinpoche chegou aqui há mais de um milênio nas costas de uma tigresa. Ele meditou por 3 meses na caverna, que foi convertida neste mosteiro. A subida inicial é ao longo de uma trilha de mulas, passando por florestas de pinheiros, coloridas com bandeiras de oração. Nossa jornada subsequente não é toda inclinada e se torna muito cênica, com apenas o som da cachoeira interrompendo a serenidade. Depois de visitar o mosteiro, almoço quente, antes de descer até a base de Ramthanka. Retorno ao hotel e restante do dia livre.
    À noite, jantar e palestra sobre os aspectos únicos do GNP (Felicidade Nacional Bruta) do Butão, com Khenpo Tashi, autor e diretor do Museu de Paro e renomado estudioso do reino,
    Regime alimentar: café da manhã, almoço e jantar.

  • Dia 12 / Paro

    Em horário pré-determinado, traslado para o aeroporto de Paro embarque em voo com destino a cidade de origem.

  • Hotéis
    Luxo
    Thimphu Amankora
    Punakha COMO Uma Punakha Hotel
    Gangtey Gangtey Lodge Bhutan
    Bumthang Amamkora Bumthang
    Paro Uma By Como Paro
    Alma Butanesa Primeira Superior
    Thimphu Hotel Pemako Thimphu
    Punakha Dhensa Boutique Resort
    Gangtey Dewachen Hotel, Gangtey
    Bumthang Yugharling Resort & Spa
    Paro Zhiwa Ling Heritage
    Alma Butanesa Primeira
    Thimphu Druk Hotel
    Punakha Zhingkham Resort
    Gangtey Dewachen Hotel, Gangtey
    Bumthang Yugharling Resort & Spa
    Paro Tashi Namgay Resort
  • Inclui
    Alma Butanesa Primeira
    11 noites nos hotéis mencionados ou similares
    11 noites de hospedagem com Pensão Completa (café da manhã, almoço e jantar - sem bebidas) conforme descrito nos hotéis sugeridos.
    Traslados aeroporto ao hotel e vice-versa em serviço privativo com assistência.
    Passeios em serviço privativo descritos no roteiro com acompanhamento de guia local em idioma espanhol.
    Encontro e jantar com o venerável Mynak R. Tulku Rinpoche.
    Ritual de purificação com um monge sênior em Gangtey.
    Encontro com Khenpo Tashi, director do Museu de Paro.
    Imposto obrigatório sobre o desenvolvimento turístico do Butão, sobretaxa de FIT e taxas de visto.
    Maleteiro nos aeroportos e hotéis.
    Taxas de entrada e câmeras fotográficas em monumentos.
    Luxo
    11 noites nos hotéis mencionados ou similares
    11 noites de hospedagem com Pensão Completa (café da manhã, almoço e jantar - sem bebidas) conforme descrito nos hotéis sugeridos.
    Traslados aeroporto ao hotel e vice-versa em serviço privativo com assistência.
    Passeios em serviço privativo descritos no roteiro com acompanhamento de guia local em idioma espanhol.
    Encontro e jantar com o venerável Mynak R. Tulku Rinpoche.
    Ritual de purificação com um monge sênior em Gangtey.
    Encontro com Khenpo Tashi, director do Museu de Paro.
    Imposto obrigatório sobre o desenvolvimento turístico do Butão, sobretaxa de FIT e taxas de visto.
    Maleteiro nos aeroportos e hotéis.
    Taxas de entrada e câmeras fotográficas em monumentos.
    Alma Butanesa Primeira Superior
    11 noites nos hotéis mencionados ou similares
    11 noites de hospedagem com Pensão Completa (café da manhã, almoço e jantar - sem bebidas) conforme descrito nos hotéis sugeridos.
    Traslados aeroporto ao hotel e vice-versa em serviço privativo com assistência.
    Passeios em serviço privativo descritos no roteiro com acompanhamento de guia local em idioma espanhol.
    Encontro e jantar com o venerável Mynak R. Tulku Rinpoche.
    Ritual de purificação com um monge sênior em Gangtey.
    Encontro com Khenpo Tashi, director do Museu de Paro.
    Imposto obrigatório sobre o desenvolvimento turístico do Butão, sobretaxa de FIT e taxas de visto.
    Maleteiro nos aeroportos e hotéis.
    Taxas de entrada e câmeras fotográficas em monumentos.
  • Não Inclui
    Luxo
    E-tickets internacionais e internos.
    Taxas de embarque.
    Seguro viagem.
    Gorjetas para guias, motoristas e para carregadores de malas.
    Despesas pessoais.
    Refeições não descritas no roteiro.
    Passeios opcionais.
    Qualquer item não mencionado como incluso.
    Alma Butanesa Primeira Superior
    E-tickets internacionais e internos.
    Taxas de embarque.
    Seguro viagem.
    Gorjetas para guias, motoristas e para carregadores de malas.
    Despesas pessoais.
    Refeições não descritas no roteiro.
    Passeios opcionais.
    Qualquer item não mencionado como incluso.
    Alma Butanesa Primeira
    E-tickets internacionais e internos.
    Refeições não descritas no roteiro.
    Passeios opcionais.
    Gorjetas para guias, motoristas e para carregadores de malas.
    E o que não estiver descrito no item incluído.
  • Formas de Pagamento
    • 7x, sendo entrada de 30% via depósito bancário e o saldo em 6x no cartão de crédito.
    • Pagamento à vista via depósito bancário com 5% de desconto.
  • Observação
    Luxo
    Passaporte brasileiro valido com um mínimo de 6 meses, com um mínimo de 3 folhas em branco para carimbos dos controles de imigração.
    Brasileiros necessitam visto de entrada para o Butão.
    Vacina contra febre amarela é exigida, sugerimos levar o certificado de vacina internacional devido que as regras podem mudar sem prévio aviso. Recomendamos sempre tê-lo atualizado e lembre que tem que ser emitido no mínimo com 11 dias antes do embarque.
    Consulte-nos referente aos protocolos sanitários do destino no momento da reserva, qualquer mudança nos protocolos sanitários não e de responsabilidade da operadora.
    Tarifas para alta temporada - sob consulta
    O check-In é a partir das 15h00 e o check-Out é até 11h00.
    Alma Butanesa Primeira Superior
    Passaporte brasileiro valido com um mínimo de 6 meses, com um mínimo de 3 folhas em branco para carimbos dos controles de imigração.
    Brasileiros necessitam visto de entrada para o Butão.
    Vacina contra febre amarela é exigida, sugerimos levar o certificado de vacina internacional devido que as regras podem mudar sem prévio aviso. Recomendamos sempre tê-lo atualizado e lembre que tem que ser emitido no mínimo com 11 dias antes do embarque.
    Consulte-nos referente aos protocolos sanitários do destino no momento da reserva, qualquer mudança nos protocolos sanitários não e de responsabilidade da operadora.
    Tarifas para alta temporada - sob consulta
    O check-In é a partir das 15h00 e o check-Out é até 11h00.
    Alma Butanesa Primeira
    Passaporte brasileiro valido com um mínimo de 6 meses, com um mínimo de 3 folhas em branco para carimbos dos controles de imigração.
    Brasileiros necessitam visto de entrada para o Butão.
    Vacina contra febre amarela é exigida, sugerimos levar o certificado de vacina internacional devido que as regras podem mudar sem prévio aviso. Recomendamos sempre tê-lo atualizado e lembre que tem que ser emitido no mínimo com 11 dias antes do embarque.
    Consulte-nos referente aos protocolos sanitários do destino no momento da reserva, qualquer mudança nos protocolos sanitários não e de responsabilidade da operadora.
    Tarifas para alta temporada - sob consulta
    O check-In é a partir das 15h00 e o check-Out é até 11h00.
  • Data de Saída e Valores